Escolha uma Página

Os aluguéis de curta temporada trazem inúmeras vantagens para o locador. Inclusive, atualmente, os investimentos nesse segmento do mercado imobiliário estão em evidência. Com a utilização de recursos tecnológicos, a exemplo dos aplicativos de locação, o destino de muitos imóveis acaba sendo o aluguel por um menor período de tempo. Mais rentabilidade, menos burocracia e renda determinada em certos meses do ano são alguns dos benefícios dessa modalidade de negócio.

Hoje, nós, da Lotisa, vamos listar algumas das principais vantagens em alugar um imóvel por curta temporada.

Valores mais altos

Ao comparar o aluguel de temporada e o convencional, a diferença entre os dois é bem grande. Em geral, na primeira opção, considerando que são períodos curtos, os preços das diárias são maiores. Com o aumento do valor, a rentabilidade torna-se maior para o locatário, o que é extremamente vantajoso. O custo também pode variar para mais em determinadas épocas do ano, especialmente no verão.

Menos burocracia

Hoje, a burocracia é, muitas vezes, um atraso para qualquer negócio. Por ser mais flexível principalmente no que diz respeito à documentação, o aluguel de curta temporada acaba sendo mais fácil. Locador e locatário ganham nessa relação. Proporcionadas pelos aplicativos, novas conexões entre as duas partes também têm revelado que os exaustivos trâmites de documentos estão perdendo para o que chamam de “economia compartilhada”.

Renda em meses escassos

Sempre há meses que exigem gastos maiores, em especial no verão, por conta dos impostos do começo do ano, pagamento de colégio, material escolar, etc. Nesses momentos, o aluguel de curto período pode ajudar você a aumentar suas receitas. Locais como Itajaí, por exemplo, que ganham anualmente uma grande parcela de turistas, podem garantir ótimas vantagens financeiras durante o verão. Afinal, cidades litorâneas são destinos garantidos de muitos veranistas, ou seja, você consegue aumentar sua renda com os valores mais altos da alta temporada.

Maior controle

Talvez a principal vantagem do aluguel de curta temporada seja o maior controle com a renda, os locatários e a disponibilidade. Além disso, você pode administrar melhor os valores e reajustá-los de uma temporada a outra ou de acordo com a época. Conforme a legislação das locações comuns, a Lei do Inquilinato, o tempo máximo de locação nessa modalidade de negócios é de 90 dias; assim, você consegue programar seus ganhos.

Vantagens de aluguel em curta temporada.

São muitas as vantagens do aluguel de curta temporada — principalmente se comparado às demais modalidades de locação. Com a chegada de novos meios tecnológicos entre locador e locatário, os benefícios são ainda maiores. Gostou das nossas dicas? Nós, da Lotisa, estamos sempre dispostos a trazer as melhores  sugestões para você. Quer saber mais? Acesse o nosso blog.